A necropolítica em estado puro

158
necropolítica

necropolítica

O (des)governo de milicianos e corruptos, que tem na morte seu foco primacial de política pública, a necropolítica bolsonarista, renuncia a impostos, na ordem de R$ 10 bilhões por ano, de empresas que produzem e vendem agrotóxicos. Isso mesmo que você leu: empresas que envenenam os alimentos que chegam à mesa do brasileiro e destroem sua saúde ganham isenções de impostos do governo federal. Um prêmio pela morte e pela doença do brasileiro.

Para comparação, o orçamento do seu maior programa habitacional, o “Minha Casa, Minha Vida”, terá disponível para investimentos em 2020 o pífio valor de R$ 2,7 bilhões, o menor de sua história.

O orçamento total previsto para o Ministério do Meio Ambiente tocar suas ações contra os ataques ao meio ambiente nacional também será de R$ 2,7 bilhões. Isso inclui as ações contra as queimadas na Amazônia, a destruição do Pantanal e da Mata Atlântica, dentre outras importantes ações desse órgão federal.

O programa de construção de cisternas do governo federal, que leva água à população sertaneja, hoje sob responsabilidade do Ministério da Cidadania, prevê executar em 2020 o valor de R$ 129,3 milhões, sendo que, em 2019, esse valor foi de apenas R$ 67 milhões.

Ainda para comparação, o valor que o SUS (Sistema Único de Saúde) gastou com tratamento de pacientes com câncer em 2017 foi de R$ 4,7 bilhões.

Não é mais possível que a sociedade brasileira continue a suportar tamanha delinquência e necrofilia. E é inadmissível que espíritas apoiem essa catástrofe política nacional.

#ForaBolsonaro

As notícias:

Renúncia de impostos de venenos e o orçamento previsto para o meio ambiente.

Orçamento do “Minha Casa, Minha Vida”.

Programa Cisternas

Publicado no Facebook em 12/2/2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui