Divaldo, o médium decaído

1242
Reprodução Instagram

Ana Cláudia Laurindo

A inclinação do meio espírita brasileiro liderado por Divaldo Franco tem sido acreditar em sofismas rebuscados, anunciados com palavras conhecidas, ditas pelo médium , que ao analisar os conflitos armados entre a Rússia e a Ucrânia mostra o quanto se tornou fácil convencer multidões sobre uma narrativa, mesmo quando nada se compreende sobre o fato analisado.

De maneira vergonhosa, a ortodoxia espírita tupiniquim atribui efeitos satânicos ao termo comunismo, ao qual Divaldo tem acostumado  citar em discursos de cunho político conservador, que no contexto brasileiro logo indica com qual política está afinado.

É lamentável observar a derrocada ética/humanitária deste núcleo que centralizou as representações da linda doutrina, manipulando através de  médiuns oradores e escreventes, conteúdos que iludem, enganam, induzem milhares de mentes viciadas em poder e ajustes moralistas das condutas exteriores a enfileirar nas correntes nazi-fascistas envolvidas nas políticas partidárias em nosso país.

Oportunidades de compreender os males sociais gerados por políticos de inclinação fascistas todos os brasileiros possuem há anos, mas a cosmossociologia espírita se torna cada vez mais envolvida nas teias do poder que privilegia líderes míopes para os desmandos da política hegemônica, que atua sobre os sentidos com a voracidade demoníaca real, pois o mal chega até as pessoas de carne e osso através de decisões políticas que desarmonizam e desequilibram todas as vítimas.

Divaldo Franco nada entende sobre geopolítica mundial mas insiste em espalhar vídeos com conteúdos lastimosos para alimentar seus fanáticos seguidores, reafirmando jargões enquanto os libera da responsabilidade de estudar em fontes verdadeiras no intuito da compreensão que liberta; o jugo da classe não tem permitido essa experiência profunda de autonomia?

Para não entender sobre política real, a casta salvífica que administra caridades materiais mantém-se no cercadinho espírita, fascinada em torno da fala rouca do médium arrogante, e lá se vão inúmeras experiências encarnatórias perdidas na preguiça de pensar!

O número dos que estão recusando seguir sob a denominação “espírita” no Brasil está aumentando, pois lidar com as aparições patéticas dos médiuns perseguidores do “comunismo” está desanimando estudiosos da doutrina, médiuns anônimos sérios e comprometidos com o trabalho educativo, generoso e incentivador que Kardec espelha e indica nos muitos escritos que deixou.

Espiritismo não tem donos, não necessita de guetos, e fomenta o livre pensar , mas infelizmente o meio espírita brasileiro atua contra estas assertivas e gera dependências religiosistas, caminhando para o lado oposto do que exemplificou Kardec, um espírito cientista e político, digno de respeito, mesmo nos casos de reprodução das verdades do seu tempo histórico, em evolução.

O religiosismo acrítico sustenta as aparições de Divaldo Franco, as vezes oráculo, outras sofista, mas sempre comprometido com os interesses das classes dominantes e grupos hegemônicos dispersos nas instâncias de poder.

Isso não é espiritismo. Isso é a escolha do médium e daqueles que o seguem.

Despertemos.

Texto publicado originalmente em Repórter Nordeste, gentilmente cedido pela autora para publicação.

6 COMENTÁRIOS

  1. è a mesma falácia dos católicos e evangélicos que impõem aos seus seguidores que a que a miséria é imposta por Deus, para que estes pobres miseráveis nunca se revolte contra os detentores do poder, da fortuna. Fé não se impõe fé, se adquire através do raciocínio, estes seguidores não são espíritas. Os espíritas não segue nenhum líder mas sim, O Livro dos Espíritos, O Evangelho Segundo Espiritismo, O Céu e o Inferno, o Livro dos médios e a Gênese.

  2. qdo. falei, no grupo de estudos que frequentava e que, estou reticente em continuar esse ano, de que o espiritismo faz tal qual os evangélicos e outros “ramos” e que por certas cabeças no movimento são destratados, quase me expulsaram…qdo os chamei de reaças foi um deus nos acuda e qdo. disse que o movimento está cheio de “falsos profetas”, de ídolos, de intocáveis…a casa quase veio à baixo…

    • Esse é o perfil da quase totalidade dos Centros Espíritas, no que eu frequentei por 17 anos, a beatitude dos trabalhadores e dirigentes, é mero disfarce para detentores de ideais místicos e retrógrado, qualquer colocação distoante da crença comungada, logo era rotulada como obsessão. Hoje sou uma espírita “descentrada”, prefiro fazer minhas pesquisas com Kardec e não pretendo mais fazer parte do Espiritismo-Religião e da caridade desfocada da realidade social dos Centros.

  3. DE fato, depois de participar de congressos de muitas SEMANAS ESPÍRITAS DE VIRÓRIA DA CONQUISTA BAHIA, E, AINDA, VÁRIAS CIDADES E OU ADQUIRINDO DVDS, E SEMPRE ESTUDO ALLAN KARDEC, agora já ano 2016 surgimento da “lava Jato” e golpes DA DILMA, ASSISTINDO O MÉDIUM DIVALDO Franco elogiando pousando com Governador de São Paulo, criticar governo LULA, DILMA etc. algo estranho venho a mente inquieto desconfiava que o ESPIRITISMOS COMEÇAVA A MODA FULANO BELTRANO E TAL.
    QUANDO ME REPAREI ASSISTINDO SERGIO ALEIXO ETC. E CRITICANDO JUSTAMENTO MODO DIVALDO AÍ AGORA FICO EM CASA COM COLETIVO ESPÍRTA MARIA FELIPA E VIRTUAL SAMARITANOS DA ULTIMA HORA. ESPIRITISMOIE POLÍTICA.

  4. Conheci hoje está pagina e fico imensamente grata por o ter encontrado.estou fora do Brasil ha 20 anos e pouco a pouco vi 95% dos espiritas que conhecia se tornarem estranhos … vi amigos sofrerem e se afastarem em silêncio das casas espiritas e outros se fecharem para não abandonar.
    Vi 99% dos meus familiares se perderem no caminho exatamente bolsoespiritas… muitos, quero acreditar, estão neste pensamento para, em não destinado, não perderem o grupo. Necessitam fazer parte….
    Muito me entristesse esta loucura coletiva.
    Justificativas absurdas para nós outros mas correta para eles…. como por exemplo ” não podemos acabar com a pobreza porque o espirito precisa desta provação ” dentre outros grandes absurdos contrário aos ensinamentos do mestre Jesus .
    É bom saber que não estamos sozinhos.
    Bem hajam

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui